Sexta-Feira, 31 de Outubro de 2014
 
   
Texto
     +++     Uma luz para prosseguir o caminho      +++     Ainda é possível poupar, diz a DECO      +++     «Católicos têm de "obedecer de pé"»      +++     Um documento para o futuro      +++     Mais de 35% dos casais criam conflitos      +++     Matrimónio: Papa pede mais preparação      +++     Como combater o bullying nas escolas      +++     Conferência sobre educação na Católica      +++     Colóquio sobre tráfico de seres humanos      +++     Sinais positivos para as famílias      +++    

Enciclopédia Web

A década da Wikipédia

Quarta-Feira, 25 Maio 2011

Os que procuram informação na Web sabem que há um antes e um depois da Wikipédia. O acesso rápido a informação enciclopédica mudou os hábitos de estudo e de investigação. Mas esta revolução é também perigosa.

«A free, web-based, collaborative, multilingual encyclopedia project supported by the non-profit Wikimedia Foundation.» Assim se apresenta a Wikipédia em língua inglesa, um dos mais de 270 idiomas ou dialectos disponíveis. Na página em língua portuguesa pode ler-se que a Wikipédia é uma «enciclopédia multilingue online livre colaborativa, ou seja, escrita internacionalmente por várias pessoas comuns de diversas regiões do mundo, todas elas voluntárias. Por ser livre, entende-se que qualquer artigo dessa obra pode ser transcrito, modificado e ampliado, desde que preservados os direitos de cópia e de modificações.»

Um antes e depois da wiki

Para quem procura informação na Internet, há um A.W. e um D.W., "antes" da Wikipédia e um "depois" da Wikipédia. Na prática foi uma revolução na pesquisa de dados e de conhecimento, com impacto nos modelos de ensino. No tempo da formação e da formatação digital, o acesso rápido a informação enciclopédica alterou os hábitos de estudo e investigação. A informação está à distância de uma rápida procura, a partir de uma simples palavra-chave. O modelo wiki funciona como rede de páginas Web com informações que podem ser adquiridas e modificadas por qualquer pessoa, através de comuns plataformas de navegação como o Google, o Mozilla Firefox ou o Internet Explorer. É nesta liberdade de acesso que a Wikipédia tem tanto de revolucionário e de facilitador como de... perigoso. «Qualquer pessoa com o acesso à Internet pode modificar qualquer artigo, e cada leitor é potencial colaborador do projecto. O nome Wikipédia tem origem no havaiano wiki-wiki que significa "rápido", "veloz" ou "célere".»

Em alguns meios universitários, a Wikipédia é ainda rejeitada como instrumento para investigação. Um dos co-fundadores admite a fragilidade do sistema. Entrevistado pela revista brasileira Veja, Jimmy Wales entende que a "sua" criação é recomendável a estudantes «desde que sejam tomadas algumas precauções». Sendo um ponto de partida, «é uma enciclopédia abrangente, escrita numa linguagem simples e de fácil acesso», mas não deve ser vista como «um ponto final para uma pesquisa». Wales avisa que «é preciso aprofundar uma investigação, procurando outras fontes de informação» e o leitor pode encontrar algumas pistas nas referências fornecidas no rodapé de cada página, com indicação de jornais, livros ou outros sítios Web da Internet. Alega, por outro lado, que a Wikipédia criou mecanismos de defesa e «qualquer mudança feita nos artigos é arquivada, o que permite aos editores reverter rapidamente uma alteração maldosa ou incorrecta».

O empresário Jimmy Donal "Jimbo" Wales nasceu em 1966 e construiu fortuna a investir no desenvolvimento da Web. É proprietário de uma empresa de hospedagem de sítios Web, criada em 2004. A revista Time chegou a considerar Wales como uma das pessoas mais influentes do mundo. Em 2009 recebeu um prémio da Fundação Nokia pela «contribuição para a evolução da World Wide Web como uma plataforma participativa e verdadeiramente democrática». Wales fundou a Wikipédia com Lawrence Mark Sanger. Na verdade, segundo a própria Wikipédia, Sanger foi contratado pela empresa de Wales, como editor-chefe da Nupedia, e adaptou o conceito em 2001 para a versão wiki, tendo supervisionado o projecto e determinando a política original.

Milhões de artigos

A versão portuguesa da Wikipédia arrancou a 11 de Maio de 2001. Foi a terceira edição a ser criada e é a oitava em número de artigos – tem quase 680 mil contabilizados em Março de 2011. A procura maior é feita por brasileiros e a maioria dos artigos está escrita em português do Brasil. Houve tentativas para criar duas wikipédias em português – distinguindo o português brasileiro do português europeu – mas não foram avante. Os "brasileirismos" e os "lusismos" deixaram entretanto de fazer sentido com o acordo ortográfico, que vai sendo já aplicado.

No total, a Wikipédia tem mais de 17 milhões de artigos. O domínio anglófono é indiscutível. 54% do tráfego acumulado da Wikipédia é em páginas escritas em inglês. No resto, 10,3% é tráfego em japonês, 8,1% em alemão, 5,7% em espanhol, 3,5% em russo e em francês, 2,9% em italiano, 1,5% em português e polaco. Em Janeiro de 2010, as cinco maiores Wikipédias, em número de artigos, eram a anglófona, a alemã, a francesa, a polaca e a japonesa.

A Wikipédia vem aumentando a popularidade e desencadeou o aparecimento de outros projectos semelhantes. Estará já entre os 10 mais visitados sítios Web do mundo. Os outros projectos que tentam a concorrência ficam aquém na procura e impacto, em grande medida devido à parceria útil entre a Google e a Wikipédia, que constitui o maior de domínio cultural da actualidade no universo da pesquisa pela Internet.

Jimmy Wales acrescenta que a Wikipédia é «um esforço para criar e distribuir uma enciclopédia livre e da mais elevada qualidade possível a cada pessoa do planeta, na sua própria língua». Antes de criar a Wikipédia, o co-fundador tinha já lançado a Nupedia, uma enciclopédia escrita por especialistas, como a Encyclopædia Britannica. O projecto não deu certo. Os artigos eram revistos e aprovados por académicos. Wales entende que a Nupedia «era construída de cima para baixo. Para participar, o voluntário tinha de mostrar credenciais e provar que estava apto a discorrer sobre o tema. Cada artigo criado passava por um processo de verificação com sete etapas. Além de ser uma grande barreira à participação, o processo não era tão divertido.» Este é outro aspecto que os fundadores da Wikipédia querem preservar, além da utilidade... a diversão.

A Wikipédia criou já neologismos próprios. Cada editor activo da enciclopédia livre online é wikipedista ou wikipediano, palavrões derivados das palavras Wikipédia e wikipedian.

Actualização das informações

O processo de actualização das informações contidas na Wikipédia é dinâmico e pode ocorrer a qualquer instante, muitas vezes no tempo real de eventos importantes. A página da Wikipédia em língua portuguesa referente à própria Wikipédia assegura «os factores consistência e qualidade» pela constante monitorização «por wikipedistas mais activos. Um controlo especial regista automaticamente a data e hora de cada última actualização. Quando surgem erros, o tempo médio actual para suas correcções é de dois minutos. Graças à colaboração de voluntários, não raro consultores e editores wiki mesclam-se numa só pessoa. Como os interesses das pessoas são variadíssimos, o acervo da Wikipédia abrange várias tribos culturais.» Mas um estudo da Universidade de Minnesota, nos Estados Unidos, assegura que o tempo médio para a correcção de um erro na Wikipédia é de doze horas...

«As pessoas podem não concordar sobre tudo, mas ainda assim encontrar formas de contribuir para uma polémica de maneira que todos saíam satisfeitos com o resultado», explica Jimmy Wales, dando a guerra do Iraque como outro exemplo. «O artigo na Wikipédia não vai dizer se a guerra foi uma boa ou má ideia, mas pode deixar claro que é um tema controverso e listar os argumentos tanto de críticos quanto de partidários», acrescenta, «se um tema é tão polémico que seja frequentemente editado, depois de cada alteração a página fica bloqueada temporariamente para que os editores mais qualificados na comunidade possam ratificar as mudanças».

Seja qual for o grau de confiança, a Wikipédia, na opinião do co-fundador, nunca deve ser vista como meta de uma pesquisa. São inúmeros os casos de extrema dificuldade nos conceitos. Estando sujeita, as páginas estão em aberto. A título de exemplo, o artigo sobre Jesus Cristo tem interpretações de cristãos, judeus, muçulmanos, budistas ou ateus, com visões naturalmente distintas.

Experimentámos a Wikipédia no auge da crise política em Portugal. Pouco depois da demissão do primeiro-ministro, a página referente a José Sócrates já dizia que «apresentou a demissão ao Presidente da República depois de o Parlamento português rejeitar em votação medidas de austeridade defendidas pelo seu governo socialista minoritário, mantendo-se no cargo até à realização de eleições legislativas, previstas para Junho de 2011, e tomada de posse de novo Governo».

Joaquim Franco
Publicado em Sociedade
Etiquetado como

Capa





Edição de Outubro/2014

bt_2

Calendário

Outubro 2014 Novembro 2014
Se Te Qu Qu Se Do
1 2 3 4 5
6 7 8 9 10 11 12
13 14 15 16 17 18 19
20 21 22 23 24 25 26
27 28 29 30 31

Newsletter

Subscreva a nossa newsletter

Administração