Quarta-Feira, 04 de Maio de 2016
 
   
Texto
image image image image
Depois da Família, a Misericórdia O Papa Francisco inicia um ano santo dedicado à Misericórdia. Este é um Jubileu extraordinário, que chega na sequência de dois anos de discussão e reflexão sobre a família.
Sonhar, amar e casar O sonho do casamento pela boca dos jovens que, nos dias de hoje, ainda escolhem dizer sim a um compromisso para toda a vida.
O desafio de institucionalizar crianças Saber discernir sobre o futuro de uma criança institucionalizada, medindo a possibilidade de voltar à família de origem ou ser adotada, é um desafio nem sempre bem sucedido.
Travar «êxodo de África para a Europa» O Secretário de Estado das Comunidades Portuguesas, José Cesário, está preocupado com as implicações que um êxodo de refugiados na Europa possa trazer para os europeus.

Joomla Templates and Joomla Extensions by JoomlaVision.Com
  • Vídeo

  • Fotos

  • Áudio

«Tratar da vida conjugal é já evangelização»

Existem muitos movimentos católicos em França e no mundo francófono envolvidos na pastoral familiar, e…

Patriarca: divorciados continuam sem acesso

D. Manuel Clemente, Cardeal-Patriarca de Lisboa, falou hoje aos jornalistas sobre a exortação apostólica pós-sinodal…
Ler Mais

«Experiência» de padres casados é «útil

Na sua exortação “A Alegria do Amor”, o Papa Francisco aborda a necessidade dos sacerdotes…
Ler Mais

«Há muitos eufemismos, mas eutanásia é ma

No final de mais uma assembleia plenária dos bispos portugueses, D. Manuel Clemente, presidente da…
Ler Mais
 
Move
-

Família

Ajudar e capacitar

Perante uma situação de risco que pode ditar ou ter ditado temporariamente a retirada de uma criança à família, ainda é possível tentar revertê-la, ajudando a família. Existe um projeto com essa missão. A família é geralmente aceite como «a célula...

Ler mais...
Ocupar o tempo livremente

Nas semanas que antecedem as férias de verão dos mais novos, alguns pais iniciam as contas de subtrair de três meses dos miúdos aos seus 22 dias, na melhor das hipóteses. Como ocupar as crianças? E como garantir que se sentem realmente de férias? Mesmo para...

Ler mais...
Institucionalização de crianças

A maior parte das crianças institucionalizadas não está em condições de ser adotada. Das mais de 8000 crianças que se encontravam em instituições, apenas 429 podiam ser, no final de 2014, adotadas. Paulo Guerra, juiz desembargador e vice-diretor do Centro...

Ler mais...
Move
-

Igreja

Papa deixa tudo nas mãos dos pastores e do discernimento

A Exortação Apostólica Pós-sinodal A Alegria do Amor, publicada hoje pelo Papa Francisco elabora, em 325 pontos, aquilo que é a sua visão sobre a família e as suas diversas áreas. Sobre as situações irregulares, que aborda particularmente no capítulo...

Ler mais...
Matrimónio é ponto central da «Alegria do Amor»

Foi publicada hoje a Exortação Apostólica Pós-sinodal A Alegria do Amor. O Papa Francisco elabora, em 325 pontos, aquilo que é a sua visão sobre a família e as suas diversas áreas, contando, e muito, com os contributos dos relatórios finais dos sínodos...

Ler mais...
Silvia Cardoso, o «tufão» de Deus

Nunca sabemos como seria a nossa vida se certos acontecimentos não tivessem tido lugar. Podemos imaginar, e muitas vezes fazemo-lo pensando como seria diferente... ou não. No caso de Sílvia Cardoso, uma «benemérita social e apóstola da caridade», conforme...

Ler mais...
Move
-

Sociedade

Dar um sentido à dor

Arrancou no primeiro trimestre deste ano o primeiro retiro do projeto português A Esperança de Ana, cujo objetivo é ajudar casais com problemas de fertilidade ou que tenham perdido filhos durante a gravidez ou nos primeiros momentos ou dias de vida a lidar com...

Ler mais...
Irrequietos ou Hiperativos?

A Perturbação de Hiperatividade e Défice de Atenção (PHDA) ou, como alguns referem, “a hiperatividade” é uma perturbação neurológica que atinge cerca de 1 em cada 20 (a média situa-se entre os 5% e os 7%) crianças. Por isso, não é um termo desconhecido...

Ler mais...
Quando o amor e a compaixão levam à dor

As mãos tremem enquanto pega na chávena de chá. «Confesso que estava com esperança que não viesse», diz-nos, num sorriso que não esconde o nervosismo. Maria, nome fictício para proteger a sua identidade, viveu durante 13 anos uma história de violência...

Ler mais...

Capa





Edição de Dezembro/2015

bt_2

Calendário

Maio 2016 Junho 2016
Se Te Qu Qu Se Do
1
2 3 4 5 6 7 8
9 10 11 12 13 14 15
16 17 18 19 20 21 22
23 24 25 26 27 28 29
30 31

Newsletter

Subscreva a nossa newsletter

Administração