Quinta-Feira, 02 de Abril de 2015
 
   
Texto
     +++     Cardeal «admirado» com refugiados      +++     Publicado o «Diretório Homilético»      +++     APFN tem nova presidente      +++     Confiança dos consumidores aumenta      +++     Portugal tem cada vez menos dadores      +++     Papa Francisco pede orações pelo Sínodo      +++     Papa apela à oração pelo próximo Sínodo      +++     PR recebe promotores do Direito a Nascer      +++     Pena capital «afronta dignidade humana»      +++     Papa evoca S. José «como exemplo»      +++    

Igreja precisa dos artistas

Quinta-Feira, 12 Julho 2012
O presidente da Comissão Episcopal da Cultura, Bens Culturais e Comunicações Sociais afirmou que a Igreja em Portugal precisa do «contributo dos artistas» e das suas realizações «de sentido e de beleza». «Sem os artistas a expressão do mistério de Deus seria mais pobre, e o homem seria um estrangeiro de si mesmo; sem os artistas a Igreja ver-se-ia privada de uma linguagem expressiva, para muitos a única linguagem ainda inteligível», frisou D. Pio Alves na sessão de entrega do Prémio 'Árvore da Vida' 2012 ao arquiteto Nuno Teotónio Pereira.

Segundo a Agência Ecclesia, a cerimónia, realizada na sala de conferências da igreja do Sagrado Coração de Jesus (1970), classificada como Monumento Nacional e de que o premiado foi coautor, contou com a presença dos outros dois bispos pertencentes à Comissão Episcopal que acompanhar o setor Cultura, D. João Lavrador e D. Nuno Brás, bem como de D. Januário Torgal, bispo das Forças Armadas e de Segurança.

Perante cerca de uma centena de pessoas, D. Pio Alves salientou que o Prémio 'Árvore da Vida – Padre Manuel Antunes' traduz «uma dívida de gratidão» que a Igreja em Portugal tem por Nuno Teotónio Pereira e pela sua geração, «pelo nível a que elevaram o diálogo entre a Fé e a Cultura». «Devemos-vos igualmente o testemunho do que pode ser a presença cristã no meio do mundo, uma presença afável e de serviço, uma presença profética e comprometida, de quem se sabe chamado a ser 'sal' e 'luz'», apontou, citado pelo site do Secretariado Nacional da Pastoral da Cultura (SNPC).

Nuno Teotónio Pereira, de 90 anos, recebeu um cheque de 2500 euros, patrocinado pela Renascença, e uma peça do escultor Alberto Carneiro. No encontro participou também o padre e poeta José Tolentino Mendonça, diretor do SNPC, instituição que atribui o prémio em nome da Igreja Católica em Portugal. «A estatura ética e criativa de Nuno Teotónio Pereira representam uma lição de humanidade para todos nós e uma luz oportuníssima para pensar o lugar e o modo da Arquitetura reinscrever-se no presente e no futuro», sublinha a justificação do júri.

Publicado em Actualidade

Capa





Edição de Janeiro/2010

bt_2

Calendário

Abril 2015 Maio 2015
Se Te Qu Qu Se Do
1 2 3 4 5
6 7 8 9 10 11 12
13 14 15 16 17 18 19
20 21 22 23 24 25 26
27 28 29 30

Newsletter

Subscreva a nossa newsletter

Administração