Domingo, 02 de Agosto de 2015
 
   
Texto
     +++     Escuteiros, agentes para «mudar» o mundo      +++     Renovar a missão do museu eclesiástico      +++     Papa pede a autarcas que se mobilizem      +++     A educar com «razão, religião e amor»      +++     A autoestrada da morte      +++     Violações e raptos continuam no Iraque      +++     Papa quer força «revolucionária» da fé      +++     Palataforma simplifica vida dos doentes      +++     Todos os dias da nossa vida      +++     Morreu Maria Barroso      +++    

Escuteirar-Educar para a vida

Segunda-Feira, 20 Agosto 2012
Ricardo Perna
Ricardo Perna
Jornalista

Manter este espírito de união e de corpo vai ser o grande desafio que se irá colocar ao CNE, uma das poucas organizações da Igreja Católica que cresce o seu número de efetivos ano após ano.

O Acampamento Nacional (Acanac) do Corpo Nacional de escutas foi um evento impressionante. 17 mil pessoas estiveram durante uma semana em Idanha-a-Nova, sob o lema "Escuteirar – Educar para a vida". Crianças, jovens, adolescentes e jovens adultos que preferiram o desafio do Acanac ao de férias na praia ou festivais de Verão. Cerca de 2 mil adultos abdicaram de tempo de férias pessoais para estarem uma semana aqui com os seus jovens, ajudando-os a crescer e tornando possível que a atividade se realizasse. Impressionam ainda mais os adultos que abdicam das suas férias para passarem o tempo a recolher caixotes do lixo, ou a transportar paletes de comida para carrinhas e distribuir pelos vários campos. Uma noção de abnegação total a uma causa, quase incompreensível para algumas pessoas, que achariam a proposta de passar uma semana das suas férias enfiado no lixo dos outros uma perfeita parvoíce, mas que no contexto do escutismo faz todo o sentido.

Depois, o impacto externo. Nunca uma atividade deste género foi tão falada e noticiada, seja pela comunicação social, seja pelas redes sociais. As principais cerimónias (Abertura, Eucaristia e Encerramento) foram transmitidas na Internet e vistas por mais de 20 mil casas no total. Nas redes sociais, cada foto e cada publicação era acompanhada de centenas de comentários de antigos escuteiros, maravilhados com o que viam, e pais, que procuravam os seus filhos e lhes davam alento e força. Nunca um acampamento do CNE terá sido tão vivido por quem estava de fora do campo, e isso reforçou ainda mais o espírito de corpo da associação.

O acampamento terminou com o lançamento oficial dos 90 anos do movimento, um desafio ainda maior, que irá começar a ser preparado a nível nacional e nos agrupamentos, a nível local. Manter este espírito de união e de corpo vai ser o grande desafio que se irá colocar ao CNE, uma das poucas organizações da Igreja Católica que cresce o seu número de efetivos ano após ano.

Capa





Edição de Jul-Ago/2015

bt_2

Calendário

Agosto 2015 Setembro 2015
Se Te Qu Qu Se Do
1 2
3 4 5 6 7 8 9
10 11 12 13 14 15 16
17 18 19 20 21 22 23
24 25 26 27 28 29 30
31

Newsletter

Subscreva a nossa newsletter

Administração